Nosso objetivo é promover a paz, a justiça e instituições fortes globalmente; a integridade e a ética, portanto, nos orientam em todos os aspectos de nosso negócio e nos permitem cumprir nossa responsabilidade de servir os pacientes.

Na Roche América Latina, aderimos aos mais altos princípios de ética e integridade e somos consistentemente abertos e honestos sobre a maneira como operamos. Nosso modelo de negócios se concentra na criação de valor a longo prazo, por meio de uma cultura de gestão que segue padrões reconhecidos de governança corporativa e uma política de comunicação transparente.

 

Governança corporativa

Nossos princípios de governança corporativa focam na criação de valor sustentável, inovação e comunicação transparente. Nosso Conselho de Diretores representa os interesses de todos os stakeholders e ajuda a orientar a empresa a agir eficazmente com integridade e apoiar comunidades ao redor do mundo.

O LLT (equipe de líderes da América Latina) é responsável pela governança e gestão corporativa para garantir a sustentabilidade do negócio a curto e longo prazo e promover a inovação. Cada país da Roche América Latina tem um Comitê Executivo, composto pelo presidente do país, executivos e gerentes, que reporta ao presidente regional. O objetivo desse comitê é garantir o gerenciamento responsável e o alinhamento organizacional entre cada afiliada do país e o Grupo.

 

Compliance

Nosso principal objetivo é atender às necessidades de pacientes e profissionais de saúde por produtos e serviços de alta qualidade. Levamos essa responsabilidade a sério e garantimos que estamos cumprindo os mais altos padrões de ética e integridade nos negócios. Para nós, integridade significa fazer as coisas do jeito certo desde o começo. Nosso compromisso inclui total respeito pelos direitos individuais dos pacientes, padrões para relacionamentos com pacientes e grupos de pacientes por meio de nossa estrutura de Programa de Apoio ao Paciente, mantendo alto padrão ético e social em nossos negócios e abordagem à ciência médica e em nossos esforços para proteger o meio ambiente e garantir uma boa cidadania. Temos o compromisso de comparar nossos Princípios Corporativos com o setor e as melhores práticas por meio de relatórios transparentes.

O Código de Conduta da Roche engloba os Princípios Corporativos do Grupo, bem como as políticas e referências que orientam a conduta de todos os funcionários em todas as regiões onde a empresa opera. Os colaboradores são encorajados a buscar orientação quando estiverem em dúvida sobre a maneira correta de prosseguir nos negócios e relatar casos de possíveis problemas envolvendo compliance e ética. Também mantemos um Código de Conduta para fornecedores desde 2010, o qual exige que eles sigam princípios específicos de sustentabilidade: ética, emprego, saúde e segurança, meio ambiente, sistemas de gestão, inovação, sustentabilidade econômica e diversidade de fornecedores. Nossa robusta comunidade de compliance em toda a América Latina nos ajudou a implementar 71 melhores práticas e gerou uma cultura de compliance em toda a região.

 

Gerenciamento de risco

Garantir a segurança do paciente é a nossa principal prioridade. Trabalhamos com agências reguladoras para monitorar relatórios de eventos adversos de nossos medicamentos e nos comunicamos de forma transparente sobre a segurança dos produtos. Nossos dados mostram que continuamos a ter um histórico estável nos principais indicadores de desempenho de segurança e saúde.

Para gerenciar os riscos ao longo de nossa cadeia de suprimentos, realizamos avaliações regulares e monitoramento de nossos fornecedores para garantir a due diligence apropriada de todos os nossos parceiros. Em 2016 e 2017, realizamos mais de 65 auditorias de fornecedores em toda a região. Em 2017, tornamos nossos procedimentos de gerenciamento de risco ainda mais fortes para tratar de leis anticorrupção específicas que entraram em vigor em vários países da América Latina, introduzindo um projeto chamado “Mitigando Práticas Corruptas de Terceiros na América Latina”. O projeto foi selecionado como finalista na edição de 2017 do World Procurement Awards, na categoria Mitigação de Risco.